Descrições

Uma casa de férias na praia

Uma casa de férias na praia

Dispor de uma segunda residência na praia Onde fugir nos fins de semana ou aproveitar as férias de verão é um privilégio, mas se estiver à beira-mar, é um luxo.

Os proprietários desta casa localizada em Port Lligat, No município de Cadaqués, eles conhecem muito bem. É por isso que eles conseguiram tirar o máximo proveito da casa, tanto fora como dentro. Distribuído em dois andares, conta com um grande jardim o que leva a uma das muitas enseadas em que o cabo de Creus está dividido. No térreo fica a sala de estar, com vistas deslumbrantes sobre o mar, a cozinha e dois quartos com seus respectivos banheiros.

Confira todos os cômodos da casa:

Publicidade - Continue lendo em Janelas grandes

Parte da parede da fachada foi substituída por vidro, para permitir a entrada de luz natural.

Lounge aberto para o mar

Uma porta envidraçada é o único elemento que separa o interior da casa da areia dourada da praia. Da área de estar é fácil relaxar com as vistas espetaculares. Poltrona de lona, ​​da Imaculada Conceição. Manta Branca, da Filocolore. Lâmpada de assoalho branca, da Pilma. Tapete de fibra, da La Maison.

Um jardim com vista para o mar

O jardim de calhau, localizado em frente à praia, leva a uma enseada encantadora, onde você pode mergulhar quando o sol se aquece. Após o mergulho, as redes convidam você a descansar, curtir e conversar. Espreguiçadeiras às riscas, da Habitat. Almofadas em azul e branco, da Filocolore. Lanternas, de Luzio (€ 69 cada). Bandeja redonda, da Ikea.

Espaços abertos

Na sala de estar, a parede da chaminé era usada para fazer uma prateleira de trabalho semelhante à da área de trabalho. A escada se comunica com o quarto principal e seu banheiro. Sofá em forma de L, da La Maison. Almofadas de Texan, letras decorativas e bacias, por Lu Ink. Mesa de centro, do comerciante de Veneza. Lâmpada de assoalho em arco, da Biosca & Botey. Lareira, design de Marta Esteve.

Área de trabalho

De costas para a sala de estar, foi instalado um espaço de trabalho sóbrio, composto por uma prateleira de trabalho, uma mesa de madeira cujas pernas são cavaletes e uma cadeira com encosto alto. Mesa de madeira e candeeiro de aço inox, by Luzio. Carta decorativa, de Lu Ink. Cadeira de vime, de Becara. Lâmpada de tripé de habitat com tela preta.

Área de trabalho

No fundo, da área de trabalho, você pode ver a cozinha, sem porta.

Cozinha com escritório

Alongada e larga o suficiente para colocar uma mesa para quatro pessoas, a cozinha centraliza a vida familiar. Os móveis - com frentes lisas e sem puxadores - e a área de trabalho foram escolhidos em branco, o que contrasta com a parede lateral pintada de preto e o piso de ardósia.

Acessórios de cozinha

Obtenha calor com acessórios de cozinha de madeira.

Móveis de cozinha

Móveis, mesa e cadeiras de madeira Plastic Chair, by Vitra, em Bulthaup. Eletrodomésticos, Gaggenau.

Pequeno distribuidor

No patamar da escada, em frente ao quarto principal, foi habilitado um corredor simples que permite descansar, ler (para os insones) e apreciar as vistas magníficas. Banco de teca, luminária de pé e carpete de fibra, da La Maison.

Quarto principal

Presidido por uma grande cama de casal, o binômio bege e madeira foi escolhido no quarto principal. Cabeceira de madeira projetada pela decoradora Marta Esteve. Edredão e cortinas, de La Maison. Manta, da Filocolore. Quadrantes, de Lu Ink. Lamp, de Biosca & Botey.

Chaves decorativas

- Quando a cama excede o tamanho normal (dois metros), é difícil encontrar uma cabeceira padrão. É melhor solicitar um design personalizado, como este assinado pelo decorador, que também inclui as duas mesas de cabeceira.

- Se uma cor predominar em toda a casa, como o branco aqui, é conveniente escolher um elemento que quebre essa homogeneidade. Por exemplo, uma pintura - como esta - que capta os olhos

Quarto da juventude

Simples e aconchegante, este é o quarto localizado no piso inferior, cuja peculiaridade está no pátio, que é acessado através de uma porta de correr. Cama de madeira lacada a branco e cortinas de algodão, da La Maison. Carré Big 3 roupeiro. Almofada letra M por Lu Ink. Espelho, da Ikea. Luminária de pé, de Biosca & Botey. Guirlanda de luzes em forma de bolas brancas, da Natura Casa.

Aprecie a paisagem colocando nas janelas tecidos leves ou telas que suavizam a entrada do sol sem impedir a passagem da luz ou ocultar as vistas.

O espelho, protagonista no banheiro

O gabinete do lavatório é dividido em quatro gavetas sem puxadores. Embora nesta área o papel seja assumido pelo grande espelho rústico emoldurado em carvalho. Bacias de blocos, do Cosmic Studio. Espelho, da Natura Casa. Moldura de espelho em carvalho, à venda em Coton et Bois.

Banheiro em branco absoluto

Louças sanitárias, móveis, toalhas e revestimentos foram conspirados para serem mostrados em branco puro. Em vez de uma banheira, foi decidido instalar um chuveiro generoso com um prato ao nível do solo. Revestimento cerâmico Oak Boston, Porcelanosa. Modelo Jarening para vaso sanitário e bidê, empresa Roca.

PLANO E IDEIAS Infográfico

A costa pode ser vista de uma grande parte da casa; até a cozinha tem uma janela panorâmica que emoldura o horizonte como se fosse uma pintura. No andar superior, ficava o quarto principal, com seu banheiro. A luz mágica do Mediterrâneo inspirou o decoradora Marta Esteve quando se trata de personalizar a casa. Algo que é apreciado na escolha de estofados e revestimentos, em branco e madeira total, o que traz calor. Vemos isso em móveis e pisos (exceto na cozinha e no saguão, nos quais um piso de ardósia foi instalado, fresco e muito resistente).

Em todos os banheiros, foram escolhidos azulejos e chuveiros equipados com aspersores de telhado espetaculares, com o qual é alcançada uma sensação gratificante de chuva. Os tons naturais também são constantes nesses espaços. Além de assinar a decoração da casa, Marta Esteve desenhou algumas peças-chave. É o caso do lareira, estrategicamente localizada na sala de estar ou na cabeceira da cama do quarto principal, que se estende nas extremidades na forma de mesas de cabeceira.

A simplicidade que prevalece na maioria dos móveis não diminui, de modo que, em algum canto, concede certas peças de design, como Cadeiras Vitra na cozinha, a poltrona Butterfly na sala de estar ou candeeiros espalhados por toda a casa. Em resumo, uma segunda residência agradável do lado de fora, confortável por dentro e muito consciente de que suas vistas privilegiadas são o seu maior valor.